RÁDIO CATARINA FM ONLINE

Novo aviso aponta chuvas intensas de até 50 mm para todo o CE e ‘perigo’ para 61 cidades. Catarina com perigo de chuva intensa.

 Todos os municípios cearenses estão sob aviso de chuvas intensas de até 50 milímetros (mm) por dia e, em 61 cidades, há uma indicação de “perigo” com previsão de precipitações de até 100 mm e ventos intensos de 100 km/h. A análise é do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) válida até às 10h do sábado (17).

O Inmet apontado chuvas fortes no Ceará desde o Carnaval, quando Fortaleza registrou uma precipitação de 215 mm. Na nova publicação, o Instituto indica chuva o perigo, classificação de nível 2 de 3, entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia. 

Além disso, são previstos ventos intensos, entre 60 e 100 km/h, quando há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas, conforme a análise. Algumas cidades aparecem nas duas listas, porque têm seus territórios divididos na previsão.

Perigo de chuvas intensas:

  • Abaiara
  • Acopiara
  • Aiuaba
  • Altaneira
  • Antonina do Norte
  • Araripe
  • Arneiroz
  • Assaré
  • Aurora
  • Baixio
  • Barbalha
  • Barro
  • Boa Viagem
  • Brejo Santo
  • Campos Sales
  • Caririaçu
  • Cariús
  • Catarina
  • Cedro
  • Crateús
  • Crato
  • Deputado Irapuan Pinheiro
  • Farias Brito
  • Granjeiro
  • Icó
  • Iguatu
  • Independência
  • Ipaporanga
  • Ipaumirim
  • Jaguaribe
  • Jardim
  • Jati
  • Juazeiro do Norte
  • Jucás
  • Lavras da Mangabeira
  • Mauriti
  • Milagres
  • Missão Velha
  • Mombaça
  • Nova Olinda
  • Novo Oriente
  • Orós
  • Parambu
  • Pedra Branca
  • Penaforte
  • Piquet Carneiro
  • Poranga
  • Porteiras
  • Potengi
  • Quiterianópolis
  • Quixelô
  • Saboeiro
  • Salitre
  • Santana do Cariri
  • Senador Pompeu
  • Solonópole
  • Tamboril
  • Tarrafas
  • Tauá
  • Umari
  • Várzea Alegre

Já para a maior parte do Estado (incluindo a capital cearense), o Instituto avisa sobre a classificação de nível 1.

Nesse caso, a chuva pode variar entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, com ventos intensos, entre 40 e 60 km/h. Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas, conforme o Inmet.

PERIGO POTENCIAL DE CHUVAS INTENSAS:

  • Acarape
  • Acaraú
  • Acopiara
  • Alcântaras
  • Alto Santo
  • Amontada
  • Apuiarés
  • Aquiraz
  • Aracati
  • Aracoiaba
  • Ararendá
  • Aratuba
  • Banabuiú
  • Barreira
  • Barroquinha
  • Baturité
  • Beberibe
  • Bela Cruz
  • Boa Viagem
  • Camocim
  • Canindé
  • Capistrano
  • Caridade
  • Cariré
  • Carnaubal
  • Cascavel
  • Catunda
  • Caucaia
  • Chaval
  • Choró
  • Chorozinho
  • Coreaú
  • Crateús
  • Croatá
  • Cruz
  • Deputado Irapuan Pinheiro
  • Ererê
  • Eusébio
  • Forquilha
  • Fortaleza
  • Fortim
  • Frecheirinha
  • General Sampaio
  • Graça
  • Granja
  • Groaíras
  • Guaiúba
  • Guaraciaba do Norte
  • Guaramiranga
  • Hidrolândia
  • Horizonte
  • Ibaretama
  • Ibiapina
  • Ibicuitinga
  • Icapuí
  • Icó
  • Independência
  • Ipaporanga
  • Ipu
  • Ipueiras
  • Iracema
  • Irauçuba
  • Itaiçaba
  • Itaitinga
  • Itapajé
  • Itapipoca
  • Itapiúna
  • Itarema
  • Itatira
  • Jaguaretama
  • Jaguaribara
  • Jaguaribe
  • Jaguaruana
  • Jijoca de Jericoacoara
  • Limoeiro do Norte
  • Madalena
  • Maracanaú
  • Maranguape
  • Marco
  • Martinópole
  • Massapê
  • Meruoca
  • Milhã
  • Miraíma
  • Mombaça
  • Monsenhor Tabosa
  • Morada Nova
  • Moraújo
  • Morrinhos
  • Mucambo
  • Mulungu
  • Nova Russas
  • Ocara
  • Orós
  • Pacajus
  • Pacatuba
  • Pacoti
  • Pacujá
  • Palhano
  • Palmácia
  • Paracuru
  • Paraipaba
  • Paramoti
  • Pedra Branca
  • Pentecoste
  • Pereiro
  • Pindoretama
  • Piquet Carneiro
  • Pires Ferreira
  • Poranga
  • Potiretama
  • Quixadá
  • Quixelô
  • Quixeramobim
  • Quixeré
  • Redenção
  • Reriutaba
  • Russas
  • Santana do Acaraú
  • Santa Quitéria
  • São Benedito
  • São Gonçalo do Amarante
  • São João do Jaguaribe
  • São Luís do Curu
  • Senador Pompeu
  • Senador Sá
  • Sobral
  • Solonópole
  • Tabuleiro do Norte
  • Tamboril
  • Tejuçuoca
  • Tianguá
  • Trairi
  • Tururu
  • Ubajara
  • Umirim
  • Uruburetama
  • Uruoca
  • Varjota
  • Viçosa do Ceará

O QUE OCASIONA A CHUVA NO CEARÁ

Lucas Fumagalli, meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), contextualiza que os últimos dias foram de boas chuvas nos municípios e, nas últimas 24h, choveu em todas as macrorregiões.

“Os dois municípios com maiores acumulados de chuva foram Ipu, na região da Ibiapaba, e em Santa Quitéria, no norte do Sertão Central e Inhamuns, onde choveu mais de 80 mm nos dois municípios”, acrescenta.

Isso acontece por causa da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema indutor de chuvas no Estado durante a quadra chuvosa, que se aproximou do Ceará nos últimos dias. “Hoje, ela está localizada em torno da linha do Equador e, portanto, ainda há condição de chuvas nesta sexta-feira (16) em todas as macrorregiões, mas principalmente no Litoral Norte, na Ibiapaba e também no norte do Sertão Central e Inhamuns”, detalha. 

Para sábado e domingo, a previsão do tempo indica possibilidade de chuva em todas as macrorregiões do Estado, porém, de forma mais isolada. “Na Faixa Litorânea, a chuva deve acontecer entre a madruga e o começo da manhã e, no período da tarde, avançar no interior do Estado, Sertão Central, Inhamuns, Ibiapaba e chegando até o Cariri à noite”, completa Lucas.

Escrito por Lucas Falconery. Fonte - Diário do Nordeste

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem