RÁDIO CATARINA FM ONLINE

Delegacias no Ceará estão sem água para consumo. A reportagem apurou que policiais foram orientados a levar a própria água para os locais de trabalho.

 As delegacias no Ceará estão sem água para consumo humano. A denúncia chegou ao Diário do Nordeste nessa sexta-feira (29) e foi confirmada pela Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag) na manhã deste sábado (30). A reportagem apurou que policiais civis foram orientados a levar a própria água para consumo, mas não foi informado o motivo. Procuramos a Polícia Civil, que informou que o caso seria respondido pela Seplag. 


A Seplag afirmou que a suspensão aconteceu devido a uma "detecção de irregularidades na empresa fornecedora de água da ata de registro de preços do Estado do Ceará" e que "o fornecimento de água para consumo nos órgãos foi interrompido imediatamente".  "A Secretaria acrescenta ainda que está tomando as medidas cabíveis junto à empresa, a exemplo do cancelamento da ata, assim como providenciando a contratação emergencial de uma nova empresa fornecedora de água", segundo a Pasta.


Até o momento desta publicação, não havia informações sobre o reabastecimento.


Procurado pela reportagem para comentar o caso, o delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Ceará (Adepol-CE), criticou a situação. "Para os profissionais que estão trabalhando é faltar o básico. Isso era pra ter sido visto com antecedência, durante a licitação. Não se admite que o profissional que está num plantão e que seja exigido a presença contínua dele, que esse profissional não tenha o básico. Eu faço uma crítica a uma coisa que era prevista e você deixar acontecer isso no fim de semana. É a minha opinião e da Associação dos delegados de Polícia do Ceará. Nós não podemos concordar e nem aceitar", afirmou.


Fonte  - Diário do Nordeste 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem