RÁDIO CATARINA FM ONLINE

Temporal em São Paulo deixa pelo menos 24 mortos, dezenas de desabrigados e fecha estradas no Litoral

 Pelo menos 24 mortes, dezenas de pessoas desabrigadas e estradas fechadas. Este é o resultado das fortes chuvas que assolam o Estado de São Paulo neste fim de semana. Os temporais causaram alagamentos e deslizamentos, interditando as rodovias Rio-Santos, Mogi-Bertioga e Tamoios. A calamidade atinge com mais proeminência o Litoral Norte - onde foram registradas as mortes até agora. Conforme as prefeituras, 23 vítimas fatais em São Sebastião e uma em Ubatuba. As informações são do g1.

Além disso, há registro de 228 pessoas desalojadas e 338 desabrigadas. Foi decretado estado de calamidade nas cidades de Ubatuba, São Sebastião, Ilhabela, Caraguatatuba e Bertioga, todas no Litoral Norte. Falta de água, luz e sinal de celular são registrados em vários pontos.

Helicópteros da Polícia Militar enfrentaram dificuldades para resgatar vítimas durante a chuva. Não à toa, o Exército deve enviar aeronaves para auxiliar na missão. Mais de 100 bombeiros iniciaram trabalhos nas buscas em São Sebastião e Ubatuba.

Para se ter uma ideia da força das águas na região, em 24 horas choveu o esperado para todo o mês de fevereiro em três das quatro cidades do Litoral Norte, segundo a Defesa Civil. Helicópteros da Polícia Militar enfrentaram dificuldades para resgatar vítimas durante a chuva. Não à toa, o Exército deve enviar aeronaves para auxiliar na missão. Mais de 100 bombeiros iniciaram trabalhos nas buscas em São Sebastião e Ubatuba.

Para se ter uma ideia da força das águas na região, em 24 horas choveu o esperado para todo o mês de fevereiro em três das quatro cidades do Litoral Norte, segundo a Defesa Civil. A cidade de São Sebastião por enquanto é a que concentra o maior número de estragos: 50 casas desabaram e há outras em risco; dezenas de pessoas sob escombros; e o acesso à cidade está bloqueado em alguns pontos devido à queda de barreiras.

Como era de se esperar, a programação do Carnaval foi cancelada pela administração municipal.

UBATUBA E IHABELA

Em Ubatuba, uma criança de 7 anos morreu na madrugada deste domingo (19) depois de uma pedra deslizar e atingir a casa onde ela estava, no bairro Estufa 2. A menina foi atingida pela pedra na cabeça, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Por sua vez, a região Sul de Ilhabela encontra-se em estado de atenção devido à forte chuva que caiu na cidade nas últimas horas - foram 336 milímetros, de acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).


 
Com isso, o abastecimento de água na cidade está interrompido; o transporte público da Barra Velha ao Borrifos está fora de operação e sem previsão de normalização; e a programação de Carnaval foi cancelada.

Em outros pontos do Estado, o panorama persiste. Há alagamentos na Baixada Santista; carros estão submersos e falta sinal de celular em Juquehy; e em Boiçucanga, os telefones também ficaram sem serviço durante algumas horas. O comércio no local foi fechado após os alagamentos.

Diário do Nordeste

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem