Ceará registra duas mortes por afogamento em reservatórios no Interior; Campos Sales e Sobral.

 Dois jovens morreram vítimas de afogamento em reservatórios no interior do Estado, na última sexta-feira, 5. Um dos casos foi de um jovem de 16 anos, que se afogou no Açude do Governo, em Campos Sales, a 546,07 quilômetros (km) de Fortaleza. Outra vítima foi um homem de 37 anos se afogou no rio Acaraú, em Sobral, 233,78 km distante da Capital.

Conforme o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), testemunhas relataram que o adolescente estava com mais dois amigos e, por volta das 15h30min, ele desapareceu. Com isso, a guarnição, que contou com uma equipe de mergulho, foi até o local para atender à ocorrência. Pela complexidade da ação, as buscas pela vítima só começaram perto das 20 horas. O corpo do jovem foi localizado 38 minutos após o início da operação, submerso a quatro metros de profundidade.


No caso de Sobral, o corpo da vítima foi encontrado por agentes do CBMCE na tarde desse sábado, 6. O órgão foi acionado via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) às 8h06min do sábado para uma ocorrência tipificada como busca e resgate.


Nenhum dos bombeiros presentes estava apto a realizar o serviço de mergulho. Às 12h50min, os agentes solicitaram auxílio da equipe de mergulho de Fortaleza enquanto realizavam varredura na área próxima ao registro de afogamento. A equipe da Capital chegou ao local às 16h45min.


Às 17h30min, também via Ciops, os bombeiros foram informados de que um corpo havia sido visto na margem esquerda do rio Acaraú. Ao chegarem ao local, os bombeiros constataram que o corpo já havia sido movido para a margem por alguém. 


Cuidados ao nadar em açudes e reservatórios


É fundamental ter cuidado redobrado e seguir algumas dicas de prevenção:

  • Evite nadar sozinho: a presença de outras pessoas pode ser determinante em caso de emergência;
  • Conheça o local: antes de entrar na água, verifique a profundidade, a correnteza e a presença de obstáculos;
  • Não superestime sua capacidade de natação: mesmo nadadores experientes podem enfrentar dificuldades em águas desconhecidas;
  • Atenção redobrada com crianças: mantenha-as sempre sob supervisão constante próximo à água.


Reportagem - Ana Rute. Foto - Yuri Allen/Especial para O Povo

Fonte - O Povo Online. 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem