RÁDIO CATARINA FM ONLINE

Homem apontado como chefe de facção morto na BA estava na lista de mais procurados do CE

 Evaldo Batista Ferreira, conhecido como "Evaldo Coragem", estava na lista de criminosos mais procurados do Ceará, e a Secretaria da Segurança estadual oferecia R$ 8 mil por informações que ajudassem na prisão dele. Evaldo morreu, nesta quinta-feira, após confronto com policiais em Juazeiro, na Bahia.Ele era suspeito de integrar, com papel de liderança, uma organização criminosa de origem paulista, que comandava o tráfico em uma parte da região norte do Ceará, especialmente em Sobral e municípios vizinhos.


"A atuação dele no presente momento, na nossa investigação, era com relação à participação em uma organização criminosa, inclusive realizando atos de liderança nessa organização", disse Paulo Renato de Almeida, delegado da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco). Evaldo e outros dois homens foram localizados em uma fazenda na zona rural de Juazeiro, município localizado a 502 km da capital Salvador. Os três reagiram à prisão, atirando contra os policiais. No confronto, os três suspeitos morreram. No local, foram apreendidas duas espingardas e uma pistola 9mm, e cerca de R$ 30 mil em espécie.


Ele tinha passagem por roubo a instituição financeira, homicídio doloso e latrocínio. "A gente não descarta que ele estar em Juazeiro da Bahia poderia ser um ato preparatório para algum tipo de investida em instituição financeira", disse o delegado. Evaldo fazia parte de um grupo familiar suspeito de envolvimento em crimes na região. Um irmão dele, identificado como "Eraldo Coragem" foi preso anteriormente, mas responde em liberdade atualmente; o outro, "Marquim Coragem", está preso desde 2021. Este também integrou a lista de mais procurados do Ceará. "Eles historicamente se envolveram em crimes de tráficos de droga, assaltos a bancos e, atualmente, eles estavam coordenando as ações dessa organização criminosa nessa região de Sobral e municípios vizinhos", comentou o delegado Paulo Renato.


Foto: Divulgação/SSP-BA. Fonte - G1CE.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem