RÁDIO CATARINA FM ONLINE

Vacina bivalente; nenhuma cidade do Ceará alcançou meta de vacinação contra a Covid-19; Baixa no número de casos e mortes e recusa da população podem justificar índices abaixo do esperado

 Catarina - Meta - Vacina bivalente.

17.819.

Doses aplicadas - 3.584.

Cobertura vacinal - 20,11%.


A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) voltou a recomendar com mais força a necessidade de imunização da população cearense com a vacina bivalente, a mais atualizada contra a Covid-19. No entanto, a cobertura vacinal só chegou a 18% do total, ao longo de nove meses de aplicação, bem distante do ideal de 90% recomendado pelo Ministério da Saúde.

Segundo o secretário executivo de Vigilância em Saúde da Sesa, Antonio Lima Silva Neto (Tanta), o abastecimento de vacinas no Estado é “completamente regular”, o que não justifica a baixa procura pelo imunizante. O gestor reforça que a bivalente é a principal forma de prevenção contra casos graves.

O monitoramento da Rede Nacional de Dados de Saúde (RNDS), alimentado pelo Ministério da Saúde e consultado pelo Diário do Nordeste na última quinta-feira (23), traz os indicadores de cada um dos 184 municípios do Ceará - e o cenário é preocupante.

Apenas Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, passou da metade do público (51,6%) estimado para receber a bivalente. Poranga, no Sertão de Crateús, que atualmente ocupa o segundo lugar, está com 42,6% de cobertura. Em terceiro, fica Deputado Irapuan Pinheiro, no Sertão Central, com 41,7%.

A Prefeitura desta última informou que todos os agentes comunitários de saúde possuem o controle de quem tomou e não tomou a vacina, fazendo assim busca ativa das pessoas que não completaram o esquema vacinal. Além disso, continuam ações de agendamento e mutirões de vacinação, além de parcerias de incentivo com as pastas de educação e desenvolvimento social.

A capital Fortaleza está com 19% de cobertura: tem 2,3 milhões de pessoas no público-alvo, mas só conseguiu aplicar em 436 mil. Não por falta de oportunidade: a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que a vacinação está disponível nos 118 postos de saúde da capital, de segunda à sexta-feira, de 7h30 às 18h30. 

Além disso, aos sábados, domingos e feriados, o atendimento é realizado em dois postos de saúde: Mattos Dourado, no bairro Edson Queiroz, e Irmã Hercília, no São João do Tauape. Segundo a Pasta, o imunizante está disponível para crianças a partir dos 6 meses, adultos e idosos. É necessário apresentar documento de identificação; menor de idade deve estar acompanhado por um responsável.

Fonte: Diário do Nordeste. Link


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem