RÁDIO CATARINA FM ONLINE

Segue ao Plenário projeto que inscreve Pe. Cícero no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria

 A Comissão de Educação e Cultura (CE) aprovou o projeto de lei (PL 10/2020) que inscreve o Padre Cícero no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria.

De autoria do deputado José Guimarães (PT-CE), a proposta foi relatada pelo senador Cid Gomes (PDT-CE). O texto segue para análise do Plenário do Senado. Relatado pelo senador Cid Gomes, do PDT cearense, o projeto torna herói da pátria o Padre Cícero Romão Batista, conhecido como Padre Cícero ou popularmente como Padim Ciço. Nascido no Crato, Ceará, em 1844, Padre Cícero já é considerado um verdadeiro santo por muitos fiéis católicos. Milhares de romeiros de todos os estados se deslocam ao Ceará todos os anos nas datas comemorativas, como a de seu nascimento e morte.

Padre Cícero teve a ordem suspensa e foi afastado da Igreja em razão de milagre atribuído a ele em 1889 de transformar uma hóstia em sangue, não comprovado pela Igreja Católica. Ele então se dedicou à emancipação política de Juazeiro do Norte, que sob a sua liderança espiritual tornou-se o maior centro urbano de toda a região, como contou Cid Gomes.

"Trata-se de uma personalidade que ultrapassa as fronteiras da cidade que ele fundou. A sua liderança religiosa extrapolou as fronteiras do estado do Ceará. Portanto, é das mais relevantes a iniciativa de propor este projeto já aprovado na Câmara dos Deputados e que vem à deliberação desta Casa.”

Falecido em 1934 aos 90 anos, Padre Cícero teve a reconciliação com a Igreja apenas em 2015 por meio do perdão oficial do Vaticano. No ano passado, teve início o processo de sua beatificação. Ao considerar um equívoco o afastamento do religioso da Igreja, o presidente da Comissão de Educação, senador Flávio Arns, do PSB paranaense, considera Padre Cícero uma importante figura nacional.

“Padre Cícero é uma figura nacional. E eu penso que foi extraordinário a Igreja Católica, em 2015, dizer ‘olha, que bobagem, vamos rever isto.’ Foi revisto esse equívoco, inclusive reforçando esse posicionamento da Igreja Católica no sentido de se iniciar o processo de beatificação, que dizer, é a primeira etapa para pensarmos no Santo Padre Cícero.”

Em 2001, Padre Cícero foi escolhido como o Cearense do Século 20. O senador Paulo Paim, do PT gaúcho, também destacou o heroísmo do religioso.

“Muitos são colocados como heróis da Pátria, muitos. Sobre alguns, eu lanço dúvidas. Esse aqui, eu diria, o Padre Cícero, é uma alma iluminada, ele cuidava dos pobres, do mais carentes, dos mais necessitados. É uma referência para o Brasil e para o exterior.”

De autoria do deputado José Guimarães, do PT cearense e já aprovado pela Câmara dos Deputados, o projeto segue para análise do Plenário. 

Da Rádio Senado, Iara Farias Borges.
Fonte - Rádio Senado


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem