OUÇA A RÁDIO CATARINA FM ONLINE - CLIQUE NO PLAY

Ticker

6/recent/ticker-posts
header ads

Pescadores denunciam atraso de 4 meses no pagamento do seguro defeso: 'Não tenho nada na geladeira'

 

Pescadores artesanais da cidade de Icapuí, no Litoral Norte do Ceará, denunciam atraso de quatro meses no pagamento do seguro defeso. O benefício é pago pelo governo Federal no valor de um salário mínimo mensal durante período de defeso, isto é, enquanto a atividade pesqueira é proibida para a preservação da espécie.

Conforme estimativa da Colônia de Pescadores Z-17 de Icapuí, o atraso afeta cerca de 800 pessoas. Dentre eles, Tiago Soares da Silva, de 36 anos. "A situação está muito precária. Estamos vivendo na misericórdia de Deus". O relato do pescador dimensiona as inúmeras dificuldades enfrentadas por eles. Devido ao grupo não ter qualquer outra fonte de renda, Tiago confidencia que o atraso estaria causando forte impacto nas famílias.

"Eu tenho esposa e dois filhos. Na minha geladeira só tem água. No armário da cozinha só tem farinha. Estou devendo nas mercearias. Não sei mais o que fazer, não sei como vai ser. E tem muita gente na mesma situação", desabafa o pescador, que está na atividade há 13 anos.

Continue lendo

Postar um comentário

0 Comentários

header ads