OUÇA A RÁDIO CATARINA FM ONLINE - CLIQUE NO PLAY

Ticker

6/recent/ticker-posts
header ads

Jovem denuncia que foi espancada por cinco mulheres durante festa em clube durante a festa realizada no município de Crateús.

 Uma jovem de 22 anos denuncia que foi agredida por cinco mulheres a socos e pontapés durante uma festa realizada na madrugada deste domingo (17) em um clube do município de Crateús, no interior do Ceará. Uma adolescente de 16 anos também foi lesionada na mesma casa de shows pelas mesmas agressoras. Um vídeo gravado por uma testemunha registrou o momento das agressões. Nas imagens é possível ver a vítima cercada pelas mulheres que dão socos nas costas dela enquanto as outras chutam, puxam a roupa e o cabelo da jovem. Um homem aparece no vídeo tentando impedir as agressões até que a gravação é interrompida. 

A Polícia Civil informou que investiga a ocorrência de lesão corporal dolosa envolvendo um grupo de mulheres que promovem conflitos em um estabelecimento comercial do município de Crateús. As vítimas e testemunhas estão sendo ouvidas na Delegacia Regional de Crateús responsável por investigar o caso. De acordo com o relato da vítima no boletim de ocorrência, ela foi ao banheiro e acabou esbarrando em uma das mulheres que estava na fila. Ela afirma que pediu desculpas e saiu. Em seguida, as mulheres passaram a agredi-la com chutes na barriga e nas costas. Ela diz que chegou a cair e mesmo assim continuou sendo espancada.

Segundo a mãe da jovem, a filha precisou de atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município após apresentar sangramento pela vagina. A moça segue com muitos hematomas pelo corpo e está de repouso em casa. Ainda segundo a mãe, a adolescente que também foi lesionada na festa está com dores pelo corpo provocadas pelos golpes. "Eu espero justiça porque minha filha iria ser linchada, iria perder a vida, minha filha estuda, está fazendo um curso de estética para montar o próprio salão de beleza e criar o filho de um ano e seis meses, ela tem família. Não é primeira vez que essas mesmas mulheres batem em outras nessa festa, só quero justiça", disse a mãe da agredida. No registro feito na delegacia, a vítima informou ainda que recebeu ameaças das agressoras para que não as denunciassem algo pior poderia acontecer com ela.

G1CE

Postar um comentário

0 Comentários

header ads