OUÇA A RÁDIO CATARINA FM ONLINE - CLIQUE NO PLAY

Ticker

6/recent/ticker-posts
header ads

Cinco açudes do CE estão sangrando e outro reservatório atingiu 97% de armazenamento; veja lista

 

Cinco açudes cearenses estão atualmente com sua capacidade máxima de armazenamento. O último a sangrar foi o Quandú, que fica na cidade de Itapipoca. O reservatório atingiu sua capacidade máxima de 3,7 milhões de metros cúbicos nesta quarta-feira (9).

Antes dele, havia sangrado, na última segunda-feira (7), o Açude Ubaldinho que fica entre os municípios de Cedro e Várzea Alegre, no Sul do Estado. O reservatório foi construído em 1999 e tem capacidade para 31,80 milhões de metros cúbicos.

Outro reservatório cearense possui volume acima de 90% e também está próximo de atingir a sangria. Juntos, os 155 açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) acumulam 21,6% da capacidade de armazenamento.

Açudes sangrando:

  • Germinal (Palmácia),
  • Tijuqinha (Baturité),
  • Rosário (Lavras da Mangabeira),
  • Ubaldinho (Cedro),
  • Quandú (Itapipoca)

Açude acima dos 90%:

  • Barragem do Batalhão (Crateús) - 97,59%

O atual cenário tem mais açudes sangrando, no entanto, com menor volume de armazenamento, se comparado a igual período do ano passado.

No começo de março de 2021, eram três açudes sangrando (Faé, Tijuquinha e Itapebussu), mas havia 23 reservatórios com mais de 90%. Naquela data, o volume total de armazenamento era de 27,9%. Já em 2020, eram mais açudes sangrando - em comparação à 2021 e 2022 - porém, o volume de armazenamento de água do Estado era inferior a ambos os anos.

Em março daquele ano, eram 17 açudes sangrando, mas com volume médio de 18%. Os números indicam que, neste ano e em 2021, as chuvas se apresentam mais espaciais, isto é, melhores distribuídas pelas regiões cearenses. Dos três maiores reservatórios do Estado, dois estão com volume inferior abaixo de 10%. Banabuiú, o terceiro maior, tem atualmente 8,07% de armazenamento, e o Castanhão, maior açude público do Nordeste, possui apenas  8,67%. O único que possui melhor índice é o Orós, segundo maior reservatório, que possui 22,93% de armazenamento.

Além destes gigantes, outros açudes de médio e pequeno porte também têm pouca água acumulada. Atualmente, 69 dos 155 reservatórios monitorados pela Cogerh estão com volume abaixo de 30%. 

Foto: Paulo Marciel. Diário do Nordeste 

Postar um comentário

0 Comentários

header ads