OUÇA A RÁDIO CATARINA FM ONLINE - CLIQUE NO PLAY

Ticker

6/recent/ticker-posts
header ads

Chacina em Juazeiro do Norte: Polícia cumpre mandado de prisão temporária contra suspeito; o homem já estava preso devido ao crime de porte ilegal de arma de fogo. Quatro pessoas foram assassinadas no massacre

 A Polícia cumpriu neste sábado (12) um mandado de prisão temporária contra um dos suspeitos de participar da chacina em Juazeiro do Norte registrada no início desta semana. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Cícero Leonardo Rodrigues dos Santos, 19, já estava preso desde a última quinta-feira. "A ação ocorreu, neste sábado (12), dentro de uma unidade prisional da região, onde o investigado se encontra respondendo por outros crimes", explicou a Pasta sobre o cumprimento do mandado.

Diário do Nordeste já havia divulgado a prisão de Cícero Leonardo na última quinta-feira (10). Na ocasião, a SSPDS afirmou que Cícero devia responder no inquérito referente ao massacre.

4 MORTOS
As quatro vítimas assassinadas estavam dentro de casa quando foram surpreendidas por criminosos armados. Pelo menos outras cinco pessoas também foram alvejadas e socorridas aos hospitais, três já receberam alta.

A partir do andamento da investigação, a Polícia representou pela prisão temporária do homem pelo crime de homicídio. "Com a decisão judicial deferida, na manhã deste sábado, as equipes policiais foram até uma unidade prisional, onde ele se encontrava, e cumpriram o mandado em seu desfavor", explicaram em nota. Outros dois suspeitos pela matança também estão presos, são eles: Paulo Samuel da Silva, 21, e Paulo Henrique da Silva, de 25 anos.

Na data do crime, o governador do Ceará, Camilo Santana, exigiu rigor e resposta imediata na investigação. A SSPDS informa que as diligências ininterruptas permanecem pela região a fim de prender outros envolvidos no crime. 

AS VÍTIMAS DA CHACINA

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), três das quatro vítimas mortas apresentavam antecedentes criminais: um homem de 34 anos, com passagens por homicídio, porte ilegal de arma de fogo e furto; um homem também de 34 anos, com passagens por extorsão e crime contra a administração pública; e uma mulher de 45 anos, com antecedentes por tráfico de drogas. 

A quarta pessoa assassinada pelos suspeitos foi um adolescente de 16 anos. Esta é a primeira chacina registrada no Ceará em 2022.

Foto: Reprodução/PMCE. Diário do Nordeste 

Postar um comentário

0 Comentários

header ads