OUÇA A RÁDIO CATARINA FM ONLINE - CLIQUE NO PLAY

Ticker

6/recent/ticker-posts
header ads

32 mil crianças ainda não se cadastraram para vacinação contra Covid no Ceará; Cerca de 231 mil crianças iniciaram, mas não finalizaram o cadastro

 Um mês e oito dias após o início da vacinação do público infantil no Ceará, cerca de 635 mil crianças, entre 5 e 11 anos, já estão cadastradas oficialmente no Saúde Digital para receber a dose do imunizante contra Covid-19. Entretanto, mais de 32 mil crianças cearenses não realizaram o cadastro até agora. 

A Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) estima que mais de 900 mil crianças devem ser vacinadas no estado. Dentre elas, 867.190 realizaram o cadastro, mas apenas 635.980 foram confirmados via e-mail, o que é necessário para que o cadastro seja validado e o agendamento processado. 

No momento, com os maiores índices de cadastros incompletos depois de Fortaleza, estão:

  • Juazeiro do Norte - 7.633
  • Caucaia - 6.735
  • Maracanaú - 5.822
  • Crato - 4.048

Atenção a vacinação

O infectologista pediátrico Robério Leite, que atua na linha de frente da pandemia desde o ínicio, alerta para a necessidade e importância da vacinação das crianças, sobretudo as mais novas, que foram destaques na internação durante a 3ª onda da pandemia. 

“Estamos correndo contra o tempo na questão da vacinação infantil. Aconteceu o que já esperávamos, a variante Ômicron não teve o impacto tão grande em mortalidade e internação na população adulta por causa da vacinação. E o pouco que ficou descoberto são as crianças, e aí ficam com mais chance de internação e complicações”, explica. 

O pediatra também observa que embora as crianças tenham uma menor chance de um quadro grave de Covid, não se pode descuidar pois é “uma doença traiçoeira”. Além disso, sem a vacinação as crianças também ficam expostas a quadros clínicos em decorrência da infecção. 

Foto: Fabiane de Paula. Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários

header ads