OUÇA A RÁDIO CATARINA FM ONLINE - CLIQUE NO PLAY

Ticker

6/recent/ticker-posts
header ads

Maracanã tem ônibus vandalizado por torcedores do Iguatu; clube mandante divulga nota

 O Maracanã venceu o Iguatu por 2 a 1 no estádio Morenão, em Iguatu, pela 3ª rodada do Campeonato Cearense e quando sua delegação já estava no ônibus para deixar o estádio, o veículo foi atacado e vandalizado por  torcedores do time da casa.

Com o vandalismo, praticado com arremesso de objetos, o jogador Ciro Sena e o preparador físico do time se machucaram durante o ocorrido. A Assessoria de Imprensa do Maracanã informou que ambos tiveram ferimentos leves.

JOGADOR GRAVOU ATAQUE

O jogador Nael fez um vídeo no momento do ataque ao ônibus e é possível ouvir a revolta dos jogadores e a tentativa deles em se proteger, ficando agachados.

"Olha o que está acontecendo aqui. Ganhamos o jogo em Iguatu, e estamos sendo guerreados aqui na pedra. Quiseram dar na gente lá fora e presos sem poder fazer nada. Todo mundo abaixado, covardia. Ficaram esperando a gente lá fora, ninguém brigou no jogo. Era pra ter segurança aí", disse o jogador do Maracanã.

Durante o ataque, é possível ouvir pessoas dentro do ônibus pedindo a presença de seguranças e da própria polícia. De acordo com a assessoria de comunicação do Maracanã, um grupo de torcedores do Iguatu impedia a saída da equipe da região metropolitana dos vestiários do estádio em direção ao ônibus.

Ainda segundo o Maracanã, o clube fez um boletim de ocorrência, repudia o ocorrido e aguarda uma posição da Federação Cearense e Futebol (FCF).

A entidade ainda não se pronunciou sobre o ocorrido no estádio Morenão.

NOTA DO IGUATU

Após o ocorrido, o Iguatu lançou uma nota oficial em sua rede social. O clube lamentou o ocorrido e não coaduna com qualquer fipo de agressão. Na nota, o Iguatu afirmou que o ataque aconteceu duas horas depois do jogo, em um pequeno tumulto com 4 torcedores que ainda estavam lá com um atleta do Maracanã. Em seguida, citou a hispitalidade do povo de Iguatu a todos que chegam.

CONFIRA A NOTA OFICIAL


Diário do Nordeste 

Postar um comentário

0 Comentários

header ads