OUÇA A RÁDIO CATARINA FM ONLINE - CLQUE NO PLAY

Ticker

6/recent/ticker-posts
header ads

Camilo Santana recomenda o adiamento do início das aulas para crianças de até 11 anos em 15 dias, público máximo permitido nos estádios de futebol até 30% da capacidade, uso de máscaras do tipo N95 ou similares nos atendimentos de farmácias, supermercados, escolas e outros estabelecimentos.

 

Estado sofre aumento de casos de gripe e Covid. Número de atendimentos já supera o pico da segunda onda da pandemia. Em razão do aumento dos casos de gripe e Covid-19 nas últimas semanas, o governador do Ceará Camilo Santana (PT) recomendou que as escolas que estavam programadas para iniciar as aulas na próxima segunda-feira (17) adiem o início das atividades em 15 dias. A medida é voltada para as séries que contemplam alunos de até 11 anos de idade, ainda não vacinados contra a Covid. "E que as escolas tomem essa decisão compartilhada com os pais dos alunos e das crianças cearenses", recomendou o governador. 


Outra medida anunciada pelo gestor é da diminuição de público máximo permitido nos estádios de futebol, que só vão poder acolher até 30% da capacidade máxima até o dia 5 de fevereiro. Ele lembrou que a data é o prazo estabelecido também para a redução de público dos eventos


Outra determinação coloca a obrigatoriedade do uso de máscaras do tipo N95 ou similares nos atendimentos de farmácias, supermercados, escolas e outros estabelecimentos.  "Devido ao alto poder de contágio dessa onda. Os estudos mostraram que a máscara N95 consegue proteger significativamente a transmissão dessa variante que, repito, é muito transmissível. É uma obrigatoriedade que o comitê decidiu para proteger o trabalhador e a população", explicou Camilo.



Diário do Nordeste 

Postar um comentário

0 Comentários

header ads