sábado, 6 de março de 2021

Boletim epidemiológico da Covid-19 em Catarina; mais 6 pacientes recuperados, 70 casos suspeitos e 40 confirmados.

 







1ª fase de vacinação contra a Covid-19 em Catarina; 390 idosos acima de 75 anos e 312 profissionais da saúde já foram vacinados.

 

Foto - Carlos Eduardo (Prefeitura de Catarina). 





Prefeito de Catarina, Dr. Thiago Paes de Andrade, assina adesão ao consórcio que visa agilizar a compra de doses de vacina contra a Covid-19 por parte do município.

 


O objetivo da iniciativa é se organizar para adquirir os imunizantes por recurso municipal próprio. "Vamos buscar vacina onde for possível, com todas as nossas forças para garantir que todo nosso povo seja vacinado o mais rápido possível", afirmou Dr. Thiago.

Fonte: Prefeitura de Catarina e Secretaria Municipal de Saúde..

Prefeitos do Sertão Central voltam atrás e decisão de decretar lockdown é suspensa

 

Foto - Diário do Nordeste 

Prefeitos das cidades do Sertão Central que haviam deliberado pelo lockdown na tarde desta quinta-feira (4) retrocederam da decisão e decidiram manter os decretos vigentes sem alteração. Os municípios de Quixadá, Quixeramobim, Pedra Branca, Solonópole e Banabuiú confirmaram oficialmente que os decretos atuais, isto é, sem deliberação de lockdown, permanecem vigorando.

Diário do Nordeste tentou contato com as demais cidades que compõem o Consórcio de Saúde Pública do Sertão Central - Ibicuitinga, Choró, Ibaretama, Milhã e Senador Pompeu - mas não obteve retorno. As razões que levaram às desistências não foram informadas pelo Consórcio de Saúde.A reportagem tentou contato com o presidente do Consórcio e prefeito de Ibicuitinga, Franzé Carneiro, mas também não obteve retorno até o fechamento desta matéria

Com alta de casos, maiores municípios comandados pela oposição no Ceará não aderem a lockdown

Foto - Diário do Nordeste 

Mesmo com os riscos altos ou altíssimos para contaminação da Covid-19, os maiores municípios comandados pela oposição ao Governo do Estado no Ceará não aderiram ao lockdown. Em Caucaia, Maracanaú e São Gonçalo do Amarante, estabelecimentos que prestam serviços não essenciais podem continuar funcionando com restrições.  

Em Juazeiro do Nortenão há restrições municipais para o comércio da cidade desde o dia 19 de fevereiro. Ou seja, o município segue apenas as normas gerais determinadas pelo Estado, sem horário reduzido ou limitação específica para o funcionamento de lojas, restaurantes, balneários, entre outros estabelecimentos não essenciaisNa quarta-feira (3), o governador Camilo Santana (PT) recomendou que os municípios com níveis de alertas "alto" ou "altíssimo" para a Covid-19 aderissem ao lockdown até o dia 18 de março, assim como Fortaleza. A medida, no entanto, não é obrigatória para as demais cidades, e o decreto suspende a abertura de estabelecimentos não essenciais ao público apenas na Capital. 

Governo do Ceará anuncia medidas de apoio aos setores de restaurantes e bares

 

Foto - Governo do Estado do Ceará. 

O governador Camilo Santana anunciou na noite desta quinta-feira (4), em uma transmissão ao vivo nas redes sociais, uma série de medidas de apoio aos setores de restaurantes, bares e demais estabelecimentos de alimentação fora do lar, entre elas a isenção do pagamento da conta de água, do IPVA e o pagamento de um auxílio emergencial para os trabalhadores desempregados. Também estavam presentes no anúncio a secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, e o secretário executivo de Planejamento e Orçamento, Flávio Ataliba, que também coordena o comitê que dialoga com os setores produtivos e econômicos do Ceará. 

Camilo Santana relembrou que a questão da economia do Estado será afetada com as duas semanas de isolamento social rígido em Fortaleza, mas pediu o apoio de todos para que possamos superar esse momento. “Nós últimos seis anos vocês sabem que o que eu mais lutei foi que a economia do Estado crescesse e gerasse emprego e renda”, disse, citando a operação da Companhia Siderúrgica do Pecém, o recorde de investimentos do Setor Público, ou o Hub Aéreo, que elevou de oito para 48 voos internacionais no Ceará.