OUÇA A RÁDIO CATARINA FM ONLINE - CLQUE NO PLAY

Ticker

6/recent/ticker-posts
header ads

Fortaleza é o 4º time do Nordeste a disputar a Libertadores; o 1º via Série A de pontos corridos

 Um feito inédito para o futebol cearense e que é, também, uma marca histórica no futebol nordestino. A classificação do Fortaleza para disputar a Taça Libertadores, após a vitória sobre o Juventude, na noite desta sexta-feira (3), torna o Leão do Pici o 4º time do Nordeste a disputar a principal competição do continente.

Antes do Tricolor, apenas BahiaSport Náutico haviam disputado o torneio, com o detalhe que há mais de dez anos nenhum time da Região participou da Liberta.

OS PIONEIROS

Bahia é o time nordestino que mais vezes disputou a Libertadores, com três participações. E foi, inclusive, o primeiro representante brasileiro na competição, em 1960 – por ter vencido a Taça Brasil de 1959 -, o Tricolor participou ainda das edições de 1964 – graças ao vice-campeonato da Taça Brasil de 1963 – e 1989 – como Campeão Nacional de 1988.

O Esquadrão é, também, o responsável pelas melhores campanhas no torneio, já que chegou às quartas de final em duas ocasiões (60 e 89).

Completando a lista de nordestinos na Liberta, o Náutico acumula uma participação, em 1968, por conta do vice-campeão da Taça Brasil de 1967. Primeiro time pernambucano a participar do torneio, o Timbu caiu na fase de grupos ao ser eliminado na chave que tinha Palmeiras, Deportivo Português-VEN e Deportivo Galicia-VEN.

O Fortaleza se tornou o primeiro time a conquistar a classificação para a Libertadores via Campeonato Brasileiro desde 2006, ano em que a competição passou a ser disputada no atual formato, com 20 clubes em pontos corridos.

O feito inédito dá dimensão de como é difícil para um time da região conquistar a vaga em um campeonato longo, de 38 rodadas, que exige muita regularidade e constância.

Esta foi uma das grandes marcas do Fortaleza comandado por Juan Pablo Vojvoda, que não saiu do G-6 nenhuma rodada sequer desde o início da competição.

O Fortaleza merece a vaga. É incontestável. E o torcedor merece celebrar esse momento.

Diário do Nordeste 

Postar um comentário

0 Comentários

header ads