Suspeito de clonar celular do governador Camilo Santana e outras autoridades é preso no Maranhão

 Um homem suspeito de invadir e clonar o celular do governador do Ceará, Camilo Santana, no último dia 4 de agosto, foi preso em uma ação da Polícia Civil do Ceará (PCCE) no Estado do Maranhão.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o homem teria cometido a mesma ação criminosa contra um ministro e também contra outras autoridades do país. O aparelho celular utilizado no crime foi apreendido.A ação teve envolvimento da Delegacia de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro (DCCLD) e do Departamento de Inteligência Policial (DIP) da PCCE, com apoio da Polícia Civil do Maranhão.

Outras informações serão divulgadas em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (9).

GOLPE FINANCEIRO

"Informo que tive meu celular invadido por hackers, que roubaram dados da agenda de contatos e passaram a enviar mensagens em meu nome tentando aplicar golpe financeiro", informou Camilo na última quarta-feira.

O gestor antecipou que o grupo criminoso poderia ter atuação interestadual. 

Além de Camilo, mais dois governadores (Paraná e Pará) e o ex-vice-governador do Ceará, Domingos Filho, tiveram o telefone clonado ou hackeado, num período de 15 dias. 

Foto: José Wagner/Governo do Ceará. Diário do Nordeste 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem