Educador físico é preso suspeito de copiar fotos íntimas de alunas e chantageá-las, em Tauá

 Um educador físico identificado como Nonato Lopes do Nascimento, de 30 anos, foi preso nesta terça-feira (24) suspeito de se apropriar de fotos íntimas das alunas com o intuito de chantageá-las, em Tauá, no interior do Ceará. 

A reportagem entrou em contato com a esposa do investigado, e ela não quis se pronunciar sobre o caso envolvendo o marido.Investigações dos policiais civis da Delegacia Regional de Tauá apontaram que ele oferecia serviços de personal trainer para vários clientes da cidade e aproveitava o momento de distração das mulheres para copiar imagens dos aparelhos celulares delas.

PROFESSOR EXIGIU R$ 30 MIL

As apurações, que resultaram na prisão do suspeito, começaram quando uma das alunas denunciou que, depois de ter se apropriado das fotos íntimas que estavam no aparelho dela, Nonato Lopes passou a chantageá-la exigindo R$ 30 mil, pois do contrário, divulgaria o conteúdo na internet. 

Na sequência, a Polícia Civil realizou oitivas com outros envolvidos. Com base em novas denúncias oriundas de outra cliente, que também estava sendo ameaçada, foi representada pela prisão preventiva do professor de Educação Física junto à Vara Única Criminal da Comarca de Tauá, que atendeu ao pedido.De acordo com a Polícia Civil, foi comprovado nas apurações que duas mulheres estavam sendo extorquidas pelo suspeito.

OUTRAS POSSÍVEIS VÍTIMAS

No entanto, as equipes acreditam que há outras possíveis vítimas do educador físico, por isso a investigação do caso continua, sendo importante que haja novas denúncias.

Nonato Lopes do Nascimento foi preso na casa onde morava. Ele agora encontra-se à disposição do Poder Judiciário.

Foto: Reprodução/Instagram. Diário do Nordeste

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem