Isenção da taxa do Enem 2021 para alunos no Ceará é aprovada pela Assembleia

 A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira (1º), projeto de lei do Governo do Estado que isenta a taxa do Enem 2021 para os estudantes da rede pública estadual que tiveram o benefício de não pagamento da taxa negado pelo Governo Federal. 

A taxa de R$ 85 será paga por meio da Secretaria de Educação do Estado.

Na última sexta-feira (25), o Governo Federal divulgou resposta final aos alunos que ainda buscavam a isenção da taxa de inscrição do Enem.

De acordo com o projeto de lei, a isenção será dada aos alunos que estiverem cursando ou tenham concluído há pelo menos um ano o Ensino Médio em escolas da rede pública estadual. 

4 mil
estudantes que concluíram o 3º ano do Ensino Médio em 2020 e 2021 ficarão isentos da taxa do Enem. 

"O momento de pandemia, que tem gerado tantas dificuldades para as famílias e toda a comunidade escolar, exige esse maior cuidado que o governador Camilo Santana tem tido com a população mais carente”, disse o líder do Governo na Assembleia, deputado Júlio César Filho (Cidadania).

ENERGIAS RENOVÁVEIS

Os deputados também aprovaram projeto de lei de autoria do deputado George Lima (PV) que institui o Programa de Atração e Apoio à Geração de Energias Renováveis do Ceará.

Segundo o autor, a iniciativa busca diversificar a matriz energética, descentralizando e interiorizando o desenvolvimento socioeconômico do Estado. O Programa possui seis eixos de atuação: instrumentos regulatórios, incentivos tributários, P&D, acesso à rede, desenvolvimento regional, financiamentos e geração de empregos.

"É um programa bem abrangente que dá autonomia ao Governo do Estado do Ceará para fazer parcerias, negociações, abrir caminhos e diretrizes para esses investimentos, diminuindo as desigualdades regionais", afirmou George Lima.

"Ele vai transformar a economia do Estado do Ceará, com a atração de energias renováveis. O hidrogênio verde é um potencial para transformar o PIB, posso dizer até dobrar, em três ou cinco anos”, acrescentou.

Foto: Gabriel_Ramos / Shutterstock. Diário do Nordeste

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem