Indivíduo preso em Arneiroz tentou se passar por um irmão, mas a Polícia Cívil descobriu a farsa

 Os Policiais da Delegacia Regional de Tauá, com apoio da delegacia do Município do Crato, descobriram que um dos indivíduos preso na noite dessa quinta-feira (15), em Arneiroz, tentou se passar por um irmão. Logo ao ser preso na cidade de Arneiroz pela Policia Militar, ele não quis se identificar e só disse que era do Crato. Depois na delegacia ele disse que se chamava José Domingos Neto. Após um trabalho de investigação, a policia chegou a conclusão que esse nome é de um irmão dele e o preso na verdade é Francisco De Assis Domingos Filho, 36 anos, natural do Crato, conhecido como Assiszinho. 

Em desfavor do mesmo tem um mandado de prisão em aberto, além de possuir uma vasta ficha criminal, ameaça, crimes de trânsito, porte de arma restrito, furtos, roubos, contravenção penal, desacato, violência doméstica etc. 

Assiszinho foi preso na companhia Leonis Pereira Santana, 21 anos, natural de Tauá. Com os dois a PM encontrou uma moto roubada, um revólver, munições intactas e um tubo de plástico com entorpecente. 

Os dois já se encontram no centro de triagem de Novo Oriente, à disposição da Justiça. 

Repórter Edy Fernandes 

Foto de fonte - Blog do Edy Fernandes 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem