Postagens recentes

20/recent/ticker-posts

Blogroll

header ads

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda e aos fãs: 'eu errei' assista o vídeo

 Em vídeo gravado momentos antes de ser preso, o DJ Ivis pediu perdão à ex-esposa Pamella Holanda. Ele foi detido na quarta-feira (14) em decorrência do inquérito de lesão corporal no âmbito da violência doméstica contra a ex-companheira. As imagens foram enviadas ao Diário do Nordeste pela defesa de Ivis. "O que fiz com a Pamella não posso mais voltar atrás. Quando vi domingo (11) a matéria subindo, tentei reagir, não me justificando, mas agi errado mais uma vez. Estou me vendo hoje sozinho, tentado ser forte, mas não existe mais força", diz o DJ.

E continua:

Estou passando aqui para dizer para cada um de vocês, para vocês que é [sic] mãe, para você que é filha, para você que é pai, para você que é família, para você Pamella, eu errei. Assumo o meu erro. As pessoas que convivem comigo sabem quem eu sou de verdade.
DJ IVIS

Segundo a defesa, o vídeo foi gravado 20 minutos antes da prisão do DJ.

No último domingo, a ex-esposa do cantor divulgou imagens nas redes sociais que mostram o artista a agredindo, inclusive na presença da filha do casal e de outras pessoas. Segundo a Polícia, os episódios gravados aconteceram em dezembro de 2020.

Companheira de DJ Ivis postou vídeos de agressões em rede social
Legenda: Companheira de DJ Ivis postou vídeos de agressões em rede social
Foto: Reprodução/Instagram
 

REPERCUSSÃO DO CASO

DJ ivis chorando
Legenda: "Consegui fazer com todos os que todos queriam. Mas eu consegui não me ajudar", disse sobre a carreira musical
Foto: reprodução

Os vídeos ganharam repercussão nacional, viralizando na internet e aparecendo na mídia. Desde então, o produtor musical perdeu parcerias musicais, o contrato com Sony Music Brasil, além do YouTube ter retirado clipe com a presença do artista e suas músicas terem sido retiradas de playlists oficiais dos streamings Deezer e Spotify.  

"Consegui fazer com todos o que todos queriam. Mas eu consegui não me ajudar", desabafa Ivis no vídeo, em relação à carreira.  

Artistas como Xuxa Meneghel também se manifestaram contra o cantor. E até o Senado Federal publicou nota de repúdio contra ele. Com as retaliações, o produtor musical fala na gravação que está se sentindo isolado e que não é um "monstro". 

"Não consigo mais ser forte com isso, vendo as pessoas se afastarem de mim por uma atitude errada que eu tomei. Eu não sou esse monstro. Eu não sou essa pessoa ruim. Não sei como está minha filha... E eu ainda tento ser forte por isso", relatou.  

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Segundo a Polícia, DJ Ivis agrediu Pamella em pelo menos dois períodos: no fim do ano passado e no dia 1º de julho. Após o último episódio, ela procurou as autoridades, em 2 de julho, e registrou denúncia contra o ex-marido. A lesão mais recente foi a que motivou a prisão preventiva do cantor.  "A divulgação dos vídeos foi muito importante, porque a hipótese de que as agressões do dia 1º teriam sido algo episódico não se confirma. As agressões são de dezembro", explicou o titular da Delegacia Metropolitana do Eusébio, Tharsio Facó, responsável pelo caso.   

Segundo secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron, outro inquérito deve ser aberto na Delegacia de Defesa da Mulher, em Fortaleza, para apurar as agressões de 2020.   

PEDIDO DE PERDÃO

No vídeo de antes da prisão, o produtor musical também pede perdão aos fãs pela violência que cometeu contra a ex-esposa.  

"Estou aqui como ser humano, estou aqui como Iverson. Passando para dizer que estou errado mesmo. Perdão a cada um de vocês. Nada vai mudar, mas não sou perfeito. Eu tentei ser perfeito e não consegui. [...] Naqueles vídeos ali não sou eu, eu não sou assim."  

Na gravação, o DJ chora enquanto desabafa sobre o assunto. Segundo a defesa, as imagens foram feitas com intuito de serem postadas nas redes sociais, mas o artista não teve tempo de publicá-las antes de os agentes da Polícia chegarem à casa em que Ivis estava, em Aquiraz (Grande Fortaleza), e o levarem preso. 


Fonte - Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários