RÁDIO CATARINA FM ONLINE - CLQUE NO PLAY

Ticker

6/recent/ticker-posts
header ads

Força-tarefa prende sete pessoas em Itatira suspeitas de envolvimento com tráfico

 Sete pessoas foram presas, na manhã desta quarta-feira (16), suspeitas de envolvimento com o tráfico de entorpecentes ilegais no município de Itatira, especificamente na localidade de Lagoa do Mato. As prisões fazem parte da Operação Estaca Zero, parceria entre as polícias Civil e Militar, que ainda apreendeu droga, armas, munições e celulares. 

Segundo informações da Polícia, os agentes da força-tarefa deflagraram a ação nas primeiras horas do dia. A ofensiva teve o objetivo de combater o tráfico de drogas e reduzir o número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) na cidade.  

Ao todo, a operação resultou nas capturas de sete indivíduos, sendo quatro deles por mandados judiciais, além da apreensão de meio quilo de drogas, três armas de fogo, onze munições, aparelhos celulares, dinheiro, e também materiais usados na venda dos produtos ilegais, como balanças.  

A ação foi coordenada pela Delegacia Regional de Canindé e contou com o apoio de uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). Composições do Comando Tático Rural (Cotar) e do Comando de Policiamento de Rondas Intensivas e Ostensivas (CPRaio) e Força Tática (FT) da PM foram empregadas nos trabalhos de cumprimento de mandados judiciais e vistorias em locais suspeitos. 

A operação Estaca Zero é resultado de investigações sobre a atuação de pessoas envolvidas com comércio de substâncias ilícitas e homicídios em Itatira. Equipes da Delegacia Regional de Canindé mantêm apurações para identificar outros suspeitos de crimes. 

DENÚNCIAS 

É possível contribuir com as investigações através do compartilhamento de informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. 

As denúncias também podem ser feitas direto para a Delegacia Regional de Canindé, pelo número (85) 3334.6813. O sigilo e o anonimato são garantidos. 

Foto: reprodução/Google Maps - Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários

header ads