Novo decreto mantém medidas e horário ampliado do comércio nas macrorregiões de Fortaleza e Sobral; Camilo Santana afirmou que irá recomendar medidas mais restritivas na Região do Cariri

Foto - Governo do Estado do Ceará

 O governador Camilo Santana anunciou, na manhã deste sábado (22), a manutenção do decreto de isolamento social por mais uma semana no Ceará sem mudanças. As macrorregiões de Fortaleza e Sobral seguem com horário de abertura das atividades econômicas não essenciais ampliado. 

Além de manter as medidas, Camilo afirmou que irá recomendar medidas mais restritivas na Região do Cariri. 

"O comitê decidiu que não haverá mudanças no decreto com relação a avanços na flexibilização, até porque estamos com uma semana do último decreto. Vamos aguardar duas semanas, 14 dias, que é o período epidemiológico para se avaliar eventuais mudanças nos números. Por questão de cautela, vamos manter o último decreto da semana passada, que diferencia a Região Norte e de Fortaleza das demais regiões", afirmou o chefe do Executivo cearense.

O novo decreto, que passa a valer a partir de segunda-feira (24), segue até o domingo (30). O atual decreto, em vigor até este domingo (23), já tinha ampliado o horário de funcionamento das atividades econômicas não essenciais nas macrorregiões de Fortaleza Sobral.

INDICADORES EM ALTA NO CARIRI

A preocupação com a Região do Cariri é demonstrada a partir dos indicadores de saúde relacionados à Covid-19. Conforme o secretário da Saúde do Estado, Dr. Cabeto, a taxa de positividade dos testes na região ficou acima de 58% nesta semana, patamar bem superior à média do Estado (35%).

"Temos uma redução da taxa global de positividade de exames, muito puxada por Fortaleza, porque várias regiões continuam com taxa de positividade alta. No Ceará, a taxa é de 35%. Quando analisamos Fortaleza, temos um número menor, de 29%. Na semana passada esse número estava acima de 35%. Isso é bom, mostra que a circulação viral em Fortaleza tende a decrescer", explica.

Outro dado que reforça a necessidade de atenção especial para o Cariri é a taxa de transmissão, que aponta o nível de risco de uma pessoa contaminar outra. A Capital traça uma tendência de redução desse indicador nas últimas semanas, com resultados sempre abaixo de 1, movimento contrário do Cariri, que segue acima desse patamar e crescendo.

"Olhando pela ótica da taxa de transmissão, nós temos especial atenção para o Cariri e para o Litoral Leste/Jaguaribe", pontua Dr. Cabeto.

Conforme balanço apresentado, a taxa de mortalidade geral do Estado tem caído, especialmente em função da capacidade de expansão da rede de atendimento, segundo o titular do Sesa. Com a abertura de novos leitos de enfermaria e UTI no Interior, as demais regiões estão construindo uma independência maior no atendimento.

Apesar das melhoras progressivas, Camilo reforçou o apelo para que a população cumpra as medidas de isolamento social e protocolos.

"A pandemia não acabou. É preciso ter muito cuidado e zelo, pois só podemos voltar a normalidade quando vacinarmos toda a população, e não descansaremos enquanto todos os cearenses estiverem vacinados. Mas até lá, a única forma que temos de salvar vidas, de proteger quem amamos, é a prevenção: usar máscara, evitar aglomeração, cumprir o distanciamento social"
CAMILO SANTANA
GovernadorHORÁRIOS PARA AS REGIÕES DE FORTALEZA E SOBRAL
  • Comércio de rua: 10h às 19h
  • Comércio em shopping: 12h às 21h
  • Restaurantes: 10h às 21h (com capacidade de até 50%)
  • Academias: Até as 21h
  • Toque de recolher: 22h às 5h (em todo o Estado)

MUNICÍPIOS DA MACRORREGIÃO DE FORTALEZA:

Acarape, Amontada, Apuiarés, Aquiraz, Aracoiaba, Aratuba, Barreira, Baturité, Beberibe, Capistrano, Cascavel, Caucaia, Chorozinho, Eusébio, Fortaleza, General Sampaio, Guaiuba, Guaramiranga, Horizonte, Itaitinga, Itapajé, Itapipoca, Itapiúna, Maracanaú, Maranguape, Miraíma, Mulungu, Ocara, Pacajus, Pacatuba, Pacoti, Palmácia, Paracuru, Paraipaba, Pentecoste, Pindoretama, Redenção, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Tejuçuoca, Trairi, Tururu, Umirim e Uruburetama

MUNICÍPIOS DA MACRORREGIÃO DE SOBRAL:
Ararendá, Acaraú, Alcântaras, Ararendá, Barroquinha, Bela Cruz, Camocim, Cariré, Carnaubal, Catunda, Chaval, Coreaú, Crateús, Croatá, Cruz, Forquilha, Frecheirinha, Granja, Graça, Groaíras, Guaraciaba do Norte, Hidrolândia, Ibiapina, Independência, Ipaporanga, Ipu, Ipueiras, Irauçuba, Itarema, Jijoca de Jericoacoara, Marco, Martinópole, Massapê, Meruoca, Monsenhor Tabosa, Moraújo, Morrinhos, Mucambo, Nova Russas, Novo Oriente, Pacujá, Pires Ferreira, Poranga, Quiterianópolis, Reriutaba, Santa Quitéria, Santana do Acaraú, São Benedito, Senador Sá, Sobral, Tamboril, Tianguá, Ubajara, Uruoca, Varjota, Viçosa do Ceará

HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO NAS OUTRAS MACRORREGIÕES

Regras válidas para os municípios das Regiões do Sertão Central, do Litoral Leste/Jaguaribe e do Cariri. 

  • Comércio de ruas e serviços, como restaurantes e barracas de praia, funcionam das 10h às 16h. Aos fins de semana, o funcionamento será das 10h às 15h;
  • Shoppings, incluindo praça de alimentação, funcionam das 12h às 18h. Aos fins de semana, abrem das 12 às 17h;
  • Academias funcionam de segunda a sexta-feira, de 6h às 18h, e no sábado e domingo, até as 15h ou, quando situadas em shopping, até as 17h
  •  Instituições religiosas poderão promover celebrações presenciais até as 17h nos fins de semana; 
  • Construção civil pode iniciar as atividades a partir das 7h;
  • Atendimento presencial liberado para café da manhã a partir de 6h em padarias, supermercados e congêneres, valendo também no fim de semana;

O processo de reabertura econômica se iniciou em 12 de abril, após isolamento social rígido em todas as cidades por um mês. Em 3 de maio, o governo autorizou a abertura das atividades aos fins de semana. 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem