Postagens recentes

20/recent/ticker-posts

Blogroll

header ads

No Ceará, 180 cidades continuam com risco ‘altíssimo’ de contaminação por Covid-19; Catarina e Pacatuba eram as únicas cidades do Estado classificadas como nível 3, ou seja risco “alto”, porém ambas retornaram para a classificação de nível 4.

 
O risco de contaminação por Covid-19 no Ceará ainda é considerado preocupante. O Estado contabilizou que 180 municípios, das 184 cidades totais, estão classificados no nível 4 ou alerta “altíssimo”, o que corresponde a 97,8% do território cearense. No entanto, esses dados, que são referentes às semanas epidemiológicas 19 e 20 (de 9 a 22 de maio), apresentam uma discreta redução se comparados com as informações das semanas epidemiológicas 18 e 19 (de 2 a 15 de maio), quando 182 cidades estavam em alerta altíssimo.  

No último sábado (22), conforme publicado pelo Diário do Nordeste, Catarina e Pacatuba eram as únicas cidades do Estado classificadas como nível 3, ou seja risco “alto”, porém ambas retornaram para a classificação de nível 4. Acarau, Ipu, Meruoca e Uruoca são as atuais cidades cearenses que se enquadram em risco alto, segundo informações da plataforma IntegraSUS, atualizada diariamente pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).  Os dados informam ainda que o Estado tem incidência diária de casos de 485,5, a cada 100 mil habitantes, apresentando uma tendência decrescente. Em contrapartida, o percentual de leitos ocupados em UTIs destinadas ao tratamento da doença é de 88,3%, com tendência crescente.     

Nas duas semanas de referência, a taxa de letalidade encontra-se em 1,9% e a positividade de testes RT-PCR em 47,6%, ambas com tendência crescente, mas ainda enquadradas no risco “moderado” ou nível 2.  VEJA AS CLASSIFICAÇÕES DE RISCO Novo Normal: Taxa de ocupação dos leitos menor que 70%; taxa de letalidade menor que 1%; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 menor que 25%; Moderado: Taxa de ocupação dos leitos entre 70% e 80%; taxa de letalidade entre 1% e 2%; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 entre 25% e 49,9%; Alto: Taxa de ocupação dos leitos entre 80,1% e 95%; taxa de letalidade entre 2% e 3%; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 entre 50% e 75%; Altíssimo: Taxa de ocupação dos leitos maior que 95%; taxa de letalidade maior que 3%; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 maior que 75%. COVID NO CEARÁ Até a última sexta-feira (28), o Ceará havia registrado 790.459 casos de Covid-19 e 20.323 óbitos causados pela doença. Nas últimas 24h, apenas uma morte foi contabilizada. Os recuperados somam 546.526. Ainda são investigados 98.105 casos. 

Postar um comentário

0 Comentários