Vacinação contra Covid-19 do grupo com comorbidades também deve seguir prioridade por faixa etária

Foto - Fátima Holanda/Ascom Sesa

O processo de vacinação de pessoas com comorbidades contra a Covid-19 no Ceará deve ser iniciado a partir da próxima semana. A etapa engloba pessoas obesas, gestantes ou que convivem, por exemplo, com doenças ou condições cardíacas, pulmonares e renais.O processo de vacinação de pessoas com comorbidades contra a Covid-19 no Ceará deve ser iniciado a partir da próxima semana. A etapa engloba pessoas obesas, gestantes ou que convivem, por exemplo, com doenças ou condições cardíacas, pulmonares e renais.Secretária-executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), Magda Almeida adiantou em entrevista ao Diário do Nordeste na tarde desta terça-feira (27) que a etapa será feita por comorbidade e faixa etária, começando pelas pessoas com 59 anos de idade e seguindo ordem decrescente, conforme chegarem novas remessas de vacinas.

Diferentemente dos processos feitos até então, deste grupo de pessoas, serão exigidas declarações padronizadas, assinadas por médicos, atestando a comorbidade declarada. Os documentos devem ser disponibilizados para download até a próxima semana na plataforma Saúde Digital.

Magda também afirmou que, seguindo orientação do Ministério da Saúde e estudos técnicos feitos pela própria Sesa, gestantes e puérperas também serão incluídas nesta etapa da vacinação.

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem