RÁDIO CATARINA FM ONLINE, CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR.


RÁDIO CATARINA FM ONLINE, CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

46 municípios já aplicaram todas as vacinas disponíveis; novos lotes só chegam em março, diz Cosems

 

Foto: Camila Lima

Um novo lote de vacinas contra a Covid-19 será entregue apenas no mês de março. A informação foi confirmada pelo Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems/CE), após reunião, na tarde de ontem (19), entre os representantes de todos os estados brasileiros, as coordenações estaduais de Imunização. A Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI) explicou que foram adquiridas, desta vez, apenas 600 mil unidades do CoronaVac para serem distribuídas para todo o País. A entrega está prevista para o início do próximo mês.  O montante, inferior aos 2,7 milhões de imunizantes prometidos pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o atraso na entrega preocupam os secretários municipais.

 De acordo com a presidente do Cosems e secretária de Saúde de Iguatu, Sayonara Cidade, a expectativa é que o CGPNI recebesse, já neste mês de fevereiro, cerca de 30% de 9,6 milhões de doses produzidas pelo Instituto Butantan, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. “Dia 24, todos os estados já estariam vacinando”, reforça.No Ceará, 46 municípios já aplicaram todas as vacinas distribuídas para a primeira dose de seus trabalhadores da saúde e aguardam novos lotes para garantir a imunização, enquanto apenas três cidades aplicaram 100% das unidades entregues para a vacinação: Pires Ferreira, Pedra Branca e Pacujá. Em Aiuaba, todos os profissionais da saúde já receberam a primeira dose e os idosos acamados, que receberam a imunização nos seus domicílios. Nesta semana, deve ser finalizada a aplicação da segunda dose, mas os dados ainda não foram incluídos no sistema da Sesa. Isso pode ser comum em outros municípios. “Já iniciamos, mas como dispensamos as vacinas pros postos, estamos aplicando no dia a dia. Só que precisa devolver a planilha para a coordenadora inserir no sistema. Essa planilha é assinada. Cada um assina um formulário. Eles são devolvidos para colocar no sistema. Na próxima semana deverá está fechado as doses todas”, explica a secretária de Saúde Lindalva Andrade. 

De acordo com o último dado atualizado da Sesa, do último dia 18 de fevereiro, 76,87% dos trabalhadores da saúde já receberam a primeira dose, enquanto 19% receberam a segunda, de um total de 185.192. Já dos idosos institucionalizados, todas as unidades da primeira dose foram aplicadas, enquanto 41,47% deste público recebeu a segunda. Dos idosos acima de 75 anos, 21,5% já foram imunizados na primeira dose do AstraZeneca, do total de 341.844 previstos. Por último, da população indígena cearense, todos 20.028 foram imunizados com primeira e segunda doses. 

Cronograma 

Com uma quantidade bem aquém do esperado, estas 600 mil doses devem ser entregues apenas a partir do dia 3 de março, com outro lote a ser recebido pelo Ministério da Saúde, que totalizará 2,8 milhões de vacinas para todo o País. Na reunião, não foi detalhada a quantia para cada Estado. “Este número (600 mil) é insignificante. A gente fica triste, porque já estava certo. Era um cronograma previsto”, admite Sayonara. 

O secretário de Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins, o Dr. Cabeto, ontem, em transmissão ao vivo, anunciou que Pazuello já havia antecipado a redução de doses previstas. Porém, o total ainda era bem acima do apontado pelo CGPNI .

“A previsão de 8 milhões baixou para 2,7 milhões. Para isso, é preciso mais responsabilidade, até que possamos vacinar 100% das pessoas acima de 60 anos, que sãos os mais vulneráveis”, destacou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário