segunda-feira, 2 de novembro de 2020

No fim de semana, atos de campanha geraram aglomerações em, pelo menos, 13 municípios cearenses

Foto - Diário do Nordeste 

 Ofensiva mais recente do Ministério Público do Ceará (MPCE) para tentar conter as aglomerações durante o período eleitoral, a recomendação de cassar o registro de candidaturas que promovem atos com multidões já dá sinais de que será desrespeitada no Estado. Ao longo do fim de semana, eventos políticos reuniram multidões em pelo menos 13 cidades cearenses. Já em Fortaleza, postulantes se comprometem a reforçar medidas com os militantes após Justiça Eleitoral determinar multa a partidos, coligações e até a eleitores que não respeitarem regras sanitárias.