Postagens recentes

20/recent/ticker-posts

Blogroll

header ads

Polícia Civil prende 40 pessoas em operação no Sertão Central; Quixeramobim, Boa Viagem, Madalena e Quixadá.

 

Foto - Diário do Nordeste

Uma operação da Polícia Civil do Ceará deflagrada na madrugada dessa quinta-feira (17) cumpriu 52 mandados de prisão e mais de 50 mandados de busca e apreensão que visam ao desmantelamento de organizações criminosas que atuam por meio do tráfico de drogas e da lavagem de dinheiro. As decisões autorizadas pela Justiça estadual foram cumpridas em Fortaleza e nas seguintes cidades do Sertão Central: Quixeramobim, Boa Viagem, Madalena e Quixadá. Durante o dia, 40 pessoas haviam sido detidas nos municípios e outros 12

mandados foram cumpridos dentro do Sistema Penitenciário do Ceará, uma vez que os suspeitos já se encontravam recolhidos. Nas buscas, os investigadores apreenderam motocicletas, carros, aparelhos celulares, além de uma quantia em dinheiro e entorpecentes. De acordo com o delegado Thiago Salgado, titular da Delegacia Municipal de Quixeramobim, os mandados foram cumpridos a fim de combater o tráfico de drogas e organizações criminosas, bem como conter os crimes de associações ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. O delegado disse ainda que as investigações, referentes à organização criminosa alvo da operação deflagrada ontem, tiveram início há cerca de um ano. Os policiais identificaram o grupo criminoso que era chefiado por uma mulher e que atuava nos bairros Humberto Bezerra, Jardim I, Jardim Norte II, Rodoviária, Pompéia, Monteiro de Moraes, Jaime Lopes, Vila Betânia e Depósito, em Quixeramobim.

"A operação foi toda feita pela Polícia Civil, da qual participaram mais de 200 policiais, com o apoio de diversos departamentos", afirmou o delegado.
A operação foi coordenada pelos departamentos Técnico Operacional (DTO) e de Polícia Judiciária do Interior Sul (DPJI Sul), com apoios técnicos de departamentos de diversas regiões. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV), de Recuperação de Ativos (DRA) e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) também integraram a ofensiva da Polícia Civil. Também participam da operação a Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e agentes da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP).

Homicídios

As Áreas Integradas de Segurança (AISs) 15 e 20, onde estão inseridos os municípios alvos dessa operação registraram 303 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) neste ano. O número representa 21% dos homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte ocorridos no Interior de janeiro a novembro deste ano.

A maior parte dos crimes está relacionada à disputa entre grupos rivais pelo comando de pontos de venda de entorpecentes na região.

Outras três operações foram deflagradas neste ano na região para combater organizações criminosas ligadas ao tráfico de drogas e outros crimes como homicídios e roubos. A última delas em novembro, a 3ª fase da operação Carrocinha II, resultou na apreensão de dinheiros e drogas

Postar um comentário

0 Comentários