RÁDIO CATARINA FM ONLINE, CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR.


RÁDIO CATARINA FM ONLINE, CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR.

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Vídeo: médico dá 'voadora' em direção a acompanhante de pacientes em hospital de Monsenhor Tabosa

Veja o vídeo - Clique AQUI

                          Um vídeo flagrou o momento em que um médico dá uma 'voadora' em direção a um acompanhante de pacientes, na madrugada desta segunda-feira (12), no município cearense de Monsenhor Tabosa. A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) investiga a denúncia de difamação, prestada por uma das pacientes, contra o médico. De acordo com a Secretaria da Saúde de Monsenhor Tabosa, um grupo de pessoas, aparentemente embriagado, deu entrada no Hospital e Maternidade Francisquinha Farias Leitão para acompanhar duas mulheres. Após o atendimento na emergência local, um tumulto foi iniciado, no qual foram

proferidos palavrões contra o médico que, logo em seguida, tentou agredir um dos acompanhantes das pacientes.Nas imagens, é possível ver o médico correndo em direção ao acompanhante e dando um chute, mas caindo logo em seguida. A vítima chega a indagar ao profissional se ele ia agredi-lo.

Ainda na noite desta segunda, o médico publicou um vídeo sobre o caso no seu perfil de uma rede social. Na postagem, ele pede desculpa aos envolvidos e afirma que estava tentando impedir uma confusão acontecia no hospital. "Eu fui agredido com palavras de baixo calão. Como ser humano, temos um momento que vamos explodir. Infelizmente, a minha forma foi aquela", alega.

Em nota, a Secretaria da Saúde do Município informou que lamenta o ocorrido e que foi iniciado um procedimento administrativo para apurar o caso. Conforme o Órgão, após o resultado das investigações serão tomadas todas as medidas necessárias. 

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que um Boletim de Ocorrência sobre o caso foi registrado na manhã desta terça-feira (13). A Pasta afirmou ainda que, de acordo com a denúncia, o médico teria agredido verbalmente uma das mulheres durante o atendimento e a expulsado do hospital.

De acordo com o Órgão, a Delegacia Municipal de Monsenhor Tabosa é responsável por investigar, em relação ao ocorrido, um ato de difamação. A Polícia Civil "realiza oitivas para apurar as circunstâncias do caso". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário