RÁDIO CATARINA FM ONLINE, CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR.


RÁDIO CATARINA FM ONLINE, CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR.

quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Casal é preso suspeito de atear fogo a casa com morador dentro para se vingar de furto de perfume, na localidade de Trussu, na zona rural de Acopiara

Foto: Polícia Militar/ Divulgação

       A Polícia Civil prendeu um casal suspeito de incendiar uma residência com um homem dentro na zona rural de Acopiara, no interior do Ceará. O caso aconteceu nesta quarta-feira (7) e, segundo os suspeitos, foi motivado pelo suposto furto de um perfume que a vítima tirou de um dos suspeitos. O morador da casa foi encontrado carbonizado em um dos cômodos do imóvel. De acordo com a Polícia Militar, os policiais foram acionados por volta das 12h40, para um incêndio em uma residência no distrito de Trussu, a 40 quilômetros de distância da sede do município. 

Quando os agentes chegaram ao local, as chamas já haviam sido apagadas por populares, que localizaram o corpo do proprietário da casa dentro do banheiro. O homem, que foi carbonizado, estava vestido e sentado em um aparelho sanitário. A Perícia Forense foi acionada e recolheu a vítima para a cidade de Iguatu.

Conforme o delegado Rodrigo Silva Pinto, titular da Delegacia Regional de Acopiara, os policiais levantaram suspeitas sobre o incêndio devido à maneira como a vítima estava quando foi localizada e o fato de a residência não possuir rede elétrica, o que já descartaria um curto-circuito como causa do fogo. Após investigações, a polícia concluiu que o incêndio foi criminoso e os agentes conseguiram identificar Rita de Cássia de Souza Maceno, de 44 anos, e José Itaécio Moreira de Oliveira, de 48 anos. O casal esteve com a vítima horas antes do imóvel pegar fogo.

Os suspeitos foram levados para a delegacia e, após serem ouvidos, confessaram o crime. O casal informou para a polícia que planejaram a morte do homem para vingar o furto de um perfume que a vítima pegou de um dos suspeitos.

Segundo o delegado Rodrigo, Rita de Cássia informou que ela, o companheiro e a vítima haviam consumido bebida alcoólica horas antes do incêndio. O objetivo do casal era deixar o homem bêbado.

Quando a vítima foi para casa, a mulher afirmou para a polícia, que ela e o companheiro decidiram finalizar o plano e atearam fogo no imóvel com o homem dentro. Os suspeitos foram autuados pelo crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário