RÁDIO CATARINA FM ONLINE, CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR.


RÁDIO CATARINA FM ONLINE, CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR.

segunda-feira, 4 de maio de 2020

Pai, mãe e filha são executados dentro de casa, na zona rural de Acopiara

Maria de Fátima da Silva, Graciele da Silva Araújo e Antônio do Ó Araújo, foram mortos com tiros na cabeça (Foto: VcRepórter)
Três pessoas da mesma família foram executadas a tiros na noite deste sábado (02), na zona rural de Acopiara, região Centro-Sul do Estado. De acordo com a Polícia Civil,  as vítimas estavam dentro de casa, localizada no Sítio Freitas, distante 15km do Centro da cidade, quando foram assassinadas com tiros na cabeça.  O agricultor Antônio do Ó Araújo, de 54 anos, sua esposa, a professora Maria Fátima da Silva, 50, e a filha do casal, Graciele da Silva Araújo de 25 anos, foram atingidos por vários disparos e morreram no local.

Segundo o Delegado Glaube Ferreira, a filha de Graciele e neta do casal, estava dentro da residência no momento dos disparos. A criança, no entanto, não foi atingida por nenhum tiro. O pai dela, esposo de Graciele, se encontrava no quintal da casa no momento da ação criminosa. Ele conseguiu fugir. Ainda conforme o Delegado, “a polícia já trabalha com uma linha de investigação”, embora não tenha sido relevada para “não atrapalhar o trabalho da polícia”.

Até o momento, ninguém foi preso ou identificado. Dentro da casa, a Polícia apreendeu uma espingarda calibre 36 e duas munições intactas. As vítimas não possuíam antecedentes criminais.

Investigação
O delegado plantonista de Iguatu, Glaube Ferreira, classificou o crime como tragédia e explicou que o delegado titular de Polícia Civil de Acopiara, Rodrigo Silva, vai investigar os crimes a partir desta segunda-feira (04). De acordo com testemunhas, dois homens chegaram em uma motocicleta que ficou estacionada um pouco antes da casa. “As vítimas foram mortas dentro de casa”, confirmou o delegado. “Havia uma criança, filha de Graciele Araújo, mas  não foi atingida”.

No momento do crime, o marido de Graciele estava no quintal e contou para a polícia que correu na hora dos disparos. Ele não quis falar com a imprensa.


Cápsulas calibre 38 foram encontradas no local do crime. Antônio do Ó e Maria de Fátima Silva sofreram três tiros na cabeça, cada. “A gente não acredita em tentativa de assalto e nem há relação com tráfico de droga, mas estamos investigando um caso de um assalto que o produtor rural sofreu há algum tempo e parece que havia reconhecido um dos criminosos”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário