quarta-feira, 15 de abril de 2020

Em Catarina; multa para quem descumprir regras das barreiras sanitárias será de R$ 200, por passageiro e apreensão do veiculo (carro ou moto).

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre
Foto - Secretaria Municipal de Saúde 

O decreto da Prefeitura de Catarina que dispõe sobre o enfrentamento ao coronavírus (Covid 19) que entrou em vigor no dia 11 deste mês,  chega ao quinto dia com barreiras sanitárias nas rodovias CE-371 Catarina / Acopiara e CE-277 Catarina / Arneiroz, abordagem de veículos e motos, aferição da temperatura corporal, verificação da documentação do motorista e passageiro (os), do conduto de moto e garapeiro, sendo
permitida a entrada apenas de munícipes, pessoas de que residem em outras cidades, mas que trabalham em Catarina, carros de entregas de produtos para o comércio local que estão funcionando por serem serviços essenciais,  viaturas e ambulâncias.

Carros e motos que forem flagrados circulando em Catarina sem a devida autorização da Vigilância Sanitária será apreendido e a multa será de R$ 200, por passageiro, e aqueles que residem em outras cidades ou estados que são naturais do município de Catarina, devem cumprir quarentena por 14 dias, e caso haja descumprimento a multa será de R$ 200.

A coordenadora das barreiras sanitárias em Catarina, Dra. Valéria Rodrigues Cavalcante, titular da Pasta da Saúde, disse que até o momento não foi registrado nenhuma ocorrência, e que as barreiras sanitárias e fiscalização continuam até o dia 4 de maio, com apoio da Polícia Militar e das Secretarias Municipais.  

Segundo dados da Secretaria de Saúde de Catarina o município tem um caso confirmado de coronavírus, mas o paciente já teria recebido alta médica, e quatro casos suspeitos, sendo que um desses deu negativo para o Covid 19.

Por - Diomar Araújo - Blog do Diomar Araujo





Nenhum comentário:

Postar um comentário