RÁDIO CATARINA FM ONLINE, CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR.


RÁDIO CATARINA FM ONLINE, CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Mais de 5 mil raios caíram no Ceará somente nos primeiros 8 dias do ano; A maior incidência foi no município de Crateús, com 614 ocorrências

Foto - Luiz Queiroz
O retorno das chuvas no Estado reacende um alerta importante: a prevenção contra raios. Somente nos oito primeiros dias do ano, 5.061 descargas elétricas caíram em solo cearense, segundo relatório do Sistema de Monitoramento e Alerta da Enel Distribuição Ceará. Do total, cerca de 60% deles foram registrados nesta quarta-feira (8). 

Entre os dias 1º e 8 de janeiro, a maior incidência foi no município de Crateús, com 614 ocorrências; seguido de Ipueiras (393) e Independência (357). A região Norte do Ceará concentrou 70% dos raios registrados em 2020. 
Em todo o ano de 2019, foram registradas 74.304 descargas atmosféricas no Estado. Santa Quitéria foi o município com mais incidências, com 3.735 raios. Fevereiro foi o mês com o maior número de registros, cerca de 40% do total do ano. 
Nesta quinta-feira (09), um caminhoneiro paulistano de 37 anos morreu, e outras três pessoas ficaram feridas após serem atingidas por um raio na localidade de Sítio Perereca, em Jaguaruana. Segundo a polícia, o caminhoneiro e o auxiliar dele, de 39 anos, descarregavam o caminhão no momento em que foram atingidos pela descarga elétrica. 
Prevenção
Em caso de tempestades, a prevenção a esses fenômenos, segundo orienta a Enel, deve acontecer dentro e fora de casa. No interior do imóvel, é preciso evitar o uso do celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada; evitar o uso de chuveiro ou torneira elétrica; evitar consertos de instalações elétricas; e se possível, permanecer dentro de casa enquanto a chuva durar.  
Estando exposto a tempestade, a companhia não recomenda o contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas; assim como estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados

Nenhum comentário:

Postar um comentário