Rádio Catarina FM Online, das 06h a 17h. de segunda a sexta. Whatsapp 88-9-8845-4147

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Comerciante é assassinado a tiros em Icó; é o quarto irmão morto em dois anos

Foto - Diário Centro Sul
O comerciante Jorge Luís Pereira de Souza, 46 anos, foi assassinado na manhã desta quarta-feira, 11, no interior da loja Jorge Motos – no Centro da cidade de Icó, na Avenida Josefa Nogueira Monteiro. A vítima era conhecida por ‘Jorjão’ e morava no primeiro andar do estabelecimento comercial. Ele é o quarto irmão assassinado em dois anos. De acordo com testemunhas, dois indivíduos chegaram à loja e atiraram contra a vítima, que chegou a
travar luta corporal com os criminosos, mas foi morto em seguida. A mulher do comerciante teria sido agredida pelos matadores.

      A dupla fugiu correndo, deixando na loja bonés e sandálias. A Polícia já dispõe de imagens dos indivíduos através de câmeras de segurança.
Rosário de crimes  na família
       No período de dezembro de 2017 a janeiro de 2018, três irmãos dele foram assassinados. O primeiro, Francisco Wenceslau Marcos Souza, conhecido por ‘Boró’, tinha 37 anos, e morreu depois de um tiroteio na rua Dr.Inácio Dias, em 2 de dezembro de 2017, pela manhã.

    No dia 25 de janeiro de 2018, mais dois irmãos de Jorge Motos também foram executados na cidade de Icó, em locais diferentes. O mecânico de motos, Sebastião Rogério Pereira de Souza, 41 anos, conhecido por ‘Xuxa’, foi executado dentro da oficina dele, nas proximidades do Balão Padre Cícero, por uma dupla de moto.

    Em seguida, possivelmente os mesmos matadores de Xuxa, executaram no mercado da carne, Cícero Márcio Pereira de Souza, de 34 anos, conhecido por Marcinho.
    Os crimes teriam ocorridos por conta de rixas. O comerciante Jorge Luís, o ‘Jorjão’, diante das mortes dos três irmãos, havia ido embora de Icó, mas retornou há poucos meses e continuou com a loja de motos.

   O corpo da vítima foi encaminhado de Icó para ser necropsiado no IML de Iguatu.

Com informações de Richard Lopes



Nenhum comentário:

Postar um comentário