RÁDIO CATARINA FM ONLINE AO VIVO

VOCÊ ESTÁ OUVINDO RÁDIO CATARINA FM ONLINE - ZAP 88-9-8845-4147 PROGRAMAÇÃO AO VIVO COM LOCUTORES: 07H AS 08H - 09H AS 11H - 12H AS 13H - 15H AS 17H.

Policia desarticula quadrilha que atuava com empréstimos em Acopiara e região

Foto - Blog do Elber Feitosa
Na noite desta ultima quarta-feira, 10, uma ação conjunta de policiais militares e civis resultou na prisão de três pessoas – dois homens e uma mulher – envolvidas em agiotagem e notas falsas, na cidade de Iguatu. Um dos suspeitos, é o colombiano, Ricardo Galvis Tangarife, 30 anos, residente em Iguatu, que seria o chefe de uma quadrilha envolvida em empréstimos de dinheiro a juros exorbitantes e notas falsas.



A polícia realizou diligências e conseguiu localizar Ricardo e a companheira dele, Joilma Félix de Oliveira, 31 anos, em uma casa na cidade de Iguatu, onde foram encontrados diversos cartões de visita com inscrições “Dinheiro fácil e sem burocracia’, cerca de R$ 1.000,00 em espécie, uma nota de R$ 100,00 falsa, vários cadernos com anotações sobre a contabilidade dos empréstimos ilegais, além de outros materiais relacionados com o crime de agiotagem.

Também foi realizada uma busca na casa de Daniel da Silva Izídio,26 anos, que era responsável por fazer as cobranças dos empréstimos. Lá, policiais encontraram mais de R$ 2.000,00 em espécie, além dos cartões de visita usados para fazer a propaganda do negócio ilícito.

Os envolvidos foram conduzidos até a Delegacia Regional de Iguatu de Polícia Civil de Iguatu. “Ficou constatado que todos os três infratores eram responsáveis por emprestar dinheiro a juros no valor exorbitante de 20% e por cobrar esses valores diariamente”, explicou o delegado Wesley Alves.

Além disso, constatou-se que os infratores vinham realizando essas atividades ilícitas há mais de dois anos e que os principais clientes do grupo são pequenos comerciantes das cidades de Acopiara, Icó e Iguatu.

Ricardo Galvis Tangarife e Joilma Oliveira foram presos em flagrante e foram autuados pelos crimes de associação criminosa (formação de quadrilha), agiotagem e por guardarem consigo Moeda falsa.

Daniel da Silva Izídio foi preso em flagrante e autuado nos crimes de formação de quadrilha e agiotagem. Todos os infratores ficaram presos e estão à disposição da Justiça.

O delegado Wesley Alves disse que as ações de combate à agiotagem vão continuar na região. “Vamos continuar com as investigações até acabar com essa prática criminosa e extorsiva”, pontuou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário