Rádio Catarina FM Online, clique na imagem para ouvir.


Rádio Catarina FM Online, clique na imagem para ouvir.

domingo, 17 de março de 2019

Representante da Enel afirma que conclusão da rede elétrica da adutora Arneiroz II à Catarina só deve começar em abril.

Foto – Sérgio Gonçalves (Ascom – Câmara de Vereadores de Catarina).

Durante audiência pública na Câmara de Vereadores de Catarina, realizada na última quinta-feira (13), com representantes da Enel, Dnocs, Cagece, Prefeitura e Ministério Público do Ceará, para tratar sobre a demora na entrega da adutora do açude Arneiroz II à Catarina que estava previsto para outubro do ano passado, os vereadores cobraram agilidade na conclusão da rede elétrica da última subestação de bombeamento de água que ainda não foi concluído. O gerente regional de negócios da Enel Distribuidora Ceará, Josivan Alexandre, disse que o acordo entre a empresa Primor e a Enel foi selado, como já tinha adiantado o prefeito de Catarina, Dr. Thiago Paes de Andrade Rodrigues e que os trabalhos de conclusão da rede elétrica da adutora só deve começar em abril. Segundo a própria Enel, faltam 8 km de rede elétrica.

Foto – Sérgio Gonçalves (Ascom – Câmara de Vereadores de Catarina).

Em outubro do ano passado a empresa Primor realizou testes na adutora utilizando a rede elétrica que já tinha sido construída e com apoio de um gerador, restando apenas a conclusão da rede elétrica da última subestação.

Vereadores:
Fernando Rodrigues (presidente), Dedé Sólon (vice-presidente), Dra. Fernanda Ribaisa (1ª secretária), Dineudo Pereira (2º secretário), Tatá Rodrigues, Rivelino Mendonça, Dr. Francisco Augusto, Dr. Renan Barros Guedes, Willyan Karol e André Teixeira.

Participaram da audiência pública na Câmara de Vereadores de Catarina, Luiz Gonzaga Rodrigues (secretário de Governo da Prefeitura de Catarina e coordenador municipal de iluminação), Fernando Freire (gerente geral e engenheiro da Empresa Primor), Josivan Alexandre (gerente regional de negócios da Enel Distribuidora Ceará), Erivaldo Pereira (gerente de negócios da Cagece – Unbaj), Luiz Henrique (engenheiro do Dnocs) e Emanoel Vitor (representando o Ministério Público do Ceará).
  

Por – Blog do Diomar Araujo.Com / Rádio Catarina FM Online.






Nenhum comentário:

Postar um comentário